Connect with us

Geral

Adeus a Irmão Lázaro, vítima da covid-19



OFocoNoticias

Publicada

-

Morreu na noite desta sexta-feira (19) o vereador de Salvador e cantor gospel Irmão Lázaro (PL), aos 54 anos, vítima de complicações da Covid-19. Ele estava internado há quase um mês em um hospital de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. As informações são do G1.

O vereador estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde 25 de fevereiro. De acordo com um boletim divulgado ainda na noite desta sexta-feira, nas redes sociais de Irmão Lázaro, seu estado continuava “grave e muito delicado”.

Ainda de acordo com o G1, familiares disseram que o vereador tinha sido diagnosticado com Covid-19 no dia 15 de fevereiro e desde então fazia tratamento em casa. No dia 22 de fevereiro, ele sentiu desconforto, febre e procurou o médico.

No hospital, foi constatado que ele estava com metade dos pulmões comprometidos, e ele acabou internado em um leito clínico. Três dias depois, ele foi transferido para a UTI.

Em seu Instagram, foi feita uma publicação informando a seus seguidores sobre a morte do vereador.

HISTÓRIA

Antonio Lázaro da Silva, mais conhecido como Irmão Lázaro, nasceu em Salvador, no dia 4 de novembro de 1966. Iniciou a carreira na música aos 18 anos, quando comprou seu primeiro violão. Poucos meses depois, dedicou-se ao baixo elétrico. Com passagens pelas bandas Terceiro Mundo e Cão de Raça, Lázaro ingressou no Olodum, grupo no qual ficou famoso através da canção I Miss Her, com letra em inglês. Após enfrentar problemas com drogas, Lázaro converteu-se à religião evangélica, passando a compor e cantar no gênero gospel.

Na nova fase da carreira lançou 4 CDs, entre eles em 2008, o CD e DVD ao vivo Eu Te Amo Tanto, gravado na Igreja Batista Central, na cidade de Feira de Santana. Em abril de 2012, o cantor fechou uma parceria com a Sony Music e, dois meses depois, lançou o disco Quem era eu, gravado ao vivo em Feira de Santana.

Em 2014 Irmão Lázaro candidatou-se à Câmara dos Deputados, pelo PSC. Elegeu-se, sendo o terceiro mais votado do Estado, com 161.438 votos, ou 2.43% do total, passando a integrar a Bancada Evangélica do Congresso. No mesmo ano em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, questionado a respeito da homofobia, declarou que se descreve conservador, mas que defende a liberdade individual. Em Abril de 2016 foi anunciado que ele se licenciaria do mandato para assumir o cargo de Secretário de Relações Institucionais da prefeitura de Salvador, cargo que exerceu até o mês de outubro daquele ano. Retornou ao cargo de deputado federal federal, encerrando seu mandato em dezembro de 2018.

Em 2020 foi candidato a vereador pela capital Salvador, ocasião em que foi eleito com 4.273 votos.

Irmão Lázaro deixa a esposa, a senhora Marivânia Conceição Souza, e as filhas Marta Silva e Alice Silva.

 

Redação OFocoNotícias: (73) 98182-9649

Comentários do Facebook

Em Alta

Copyright © 2021 - OFocoNotícias/ Email: ofoconoticias@gmail.com