Connect with us

Bahia

Enchentes afetam abastecimento de água em diversos municípios do extremo sul



OFocoNoticias

Publicada

-

As fortes chuvas que assolam a região Sul desde a última quarta-feira (8) provocaram enchentes e causaram danos em diversas instalações da Embasa, afetando a operação dos sistemas de abastecimento de água. Alguns sistemas tiveram sua operação interrompida por falta de energia elétrica, já que o temporal também afetou o fornecimento de energia por parte da Coelba.

A Embasa está adotando todas as medidas possíveis para retomar, no menor prazo possível, a normalidade dos sistemas afetados pelo temporal. No entanto, em diversos municípios, é impossível ter acesso às instalações do sistema de abastecimento devido ao nível das águas, que impede o acesso. Nesses casos, a empresa precisa aguardar que a água escoe para que os reparos possam ser realizados.

Confira abaixo a situação de cada sistema de abastecimento da região:

Itamaraju (sede municipal) – Após interrupção para manutenção emergencial, o abastecimento começou a ser retomado na quinta-feira (9/12) às 15h, de forma gradativa, com previsão de plena regularização em até 48 horas.

Belmonte (sede municipal) – Após interrupção para manutenção emergencial, o abastecimento começou a ser retomado na sexta-feira (10/12) às 9h, de forma gradativa, com previsão de plena regularização em até 24 horas.

Cumuruxatiba (distrito de Prado) – Após interrupção para manutenção emergencial, o abastecimento começou a ser retomado na sexta-feira (10/12) às 9h, de forma gradativa, com previsão de plena regularização em até 24 horas.

Eunápolis (todo o município) – O sistema não está operando porque a enchente desta sexta-feira (10/12) danificou a estação de captação, que ainda se encontra submersa. A Embasa está aguardando que o nível da água baixe para avaliar a situação dos equipamentos e providenciar os reparos necessários.

Jucuruçu (sede municipal) – Ainda não há previsão de retorno, pois o nível do rio Jucuruçu ainda está muito alto e a estrada não apresenta condições de acesso para reparo dos equipamentos danificados.

Nova Alegria (distrito de Itamaraju) – O sistema não está operando porque a água captada no Córrego do Dega apresenta grande quantidade de terra devido à enchente, não apresentando condições de ser tratada para abastecimento humano. A Embasa está acompanhando a situação do manancial para retomar a captação de água assim que possível.

Coqueiro (distrito de Jucuruçu) – O sistema não está operando porque a enchente danificou a adutora de água bruta e a estrada não apresenta condições de acesso. A Embasa está aguardando que o nível da água baixe para conseguir reparar os equipamentos danificados.

Guarani (distrito de Prado) – O sistema está parado desde quarta-feira (8/12) porque a enchente danificou a elevatória de água bruta. A previsão da Embasa é que o reparo desse equipamento seja concluído amanhã, quando o abastecimento começará a ser retomado, de forma gradativa.

Trancoso (distrito de Porto Seguro) – Com o retorno da energia elétrica hoje (10), o abastecimento de água começou a ser retomado de forma gradativa, com previsão de plena regularização em até 48 horas.

Batinga (distrito de Itanhém) – O sistema não está operando porque a água captada apresenta grande quantidade de terra devido à enchente, não apresentando condições de ser tratada para abastecimento humano. A Embasa está acompanhando a situação do manancial para retomar a captação de água assim que possível.

Nova Lídice (distrito de Medeiros Neto) – Com o retorno da energia elétrica hoje (10), o abastecimento de água começou a ser retomado de forma gradativa, com previsão de plena regularização em até 24 horas.

Santo Antônio de Alcobaça (distrito de Teixeira de Freitas) – Com o retorno da energia elétrica hoje (10), o abastecimento de água começou a ser retomado de forma gradativa, com previsão de plena regularização em até 24 horas.

Comentários do Facebook

Em Alta

Copyright © 2021 - OFocoNotícias/ Email: ofoconoticias@gmail.com