Connect with us

Geral

Saiba detalhes do toque de recolher no estado da Bahia


A medida começa a valer a partir desta sexta-feira, dia 19, das 22h às 5h, e segue até 25 de fevereiro;

OFocoNoticias

Publicada

-

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou na última terça-feira, dia 16, que a Bahia teria toque de recolher por causa do avanço da pandemia da Covid-19 no estado. A medida passa valer a partir desta sexta-feira, dia 19.

Segundo o governador, a decisão ocorre por causa da alta taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado. O toque de recolher será válido por 7 dias. Ainda de acordo com Rui Costa, a medida será válida para a maior parte das cidades baianas, exceto nas regiões de Irecê, Jacobina, na região de Alagoinhas e no oeste do estado.

VEJA DETALHES:

• a medida começa a valer a partir desta sexta-feira, dia 19, das 22h às 5h, e segue até 25 de fevereiro;
• estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar suas atividades até as 21h30;
• as forças de segurança pública irão fiscalizar o cumprimento do toque de recolher;
• quem descumprir as regras poderá ser preso e responder por crime contra a saúde pública;
• quem trabalha de madrugada deverá portar documento que comprove para poder circular na rua;

O QUE NÃO PODERÁ FUNCIONAR

• a partir das 22h, serviços de delivery estão proibidos para bares, restaurantes e semelhantes, sendo permitidos apenas para farmácias;
• estão proibidas atividades consideradas não essenciais;
• nos postos de gasolina, as lojas de conveniência deverão ser fechadas;

O QUE PODE FUNCIONAR

• o funcionamento de terminais rodoviários e aeroportos, bem como o deslocamento de funcionários e colaboradores que atuem na operacionalização destas atividades;
• os serviços de limpeza pública e manutenção urbana;
• serviços de delivery de farmácia e medicamentos;
• postos de gasolina poderão permanecer abertos;
• atividades profissionais de transporte privado de passageiros também poderão continuar a serem exercidas.

Comentários do Facebook

Em Alta

Copyright © 2021 - OFocoNotícias/ Email: ofoconoticias@gmail.com