Connect with us

Geral

Trancoso: Após muita tensão e confusão reintegração foi cumprida pelo oficial de justiça



OFocoNoticias

Publicada

-

Após manterem fechado o Trevo de Trancoso, no acesso à Caraíva e Porto Seguro, durante toda esta manhã, manifestantes e policiais entraram em confronto para liberação da pista e cumprimento da ordem de reintegração de posse de terras.

Diante da resistência dos manifestantes que tentavam impedir o cumprimento de decisão judicial, policiais militares em apoio à ação, utilizaram bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo e tiros com balas de borracha para dispersar o grupo e romper os bloqueios no acesso para Trancoso.

Segundo nota oficial do 8º Batalhão de Polícia Militar, “uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e realizou a desobstrução, ao tempo em que o grupo de infratores atirava pedras, pedaços de pau, garrafas de vidro e coquetéis molotov contra os policiais, obrigando-os a fazer uso da força necessária, para conter a injusta agressão”. Veja o vídeo clicando aqui.

Complementando, a nota ainda informa que “superada essa barreira inicial, os militares se depararam com um segundo foco de resistência, mais à frente. Desta vez, o grupo opositor roubou um caminhão e o atravessou na via, no intuito de impedir a passagem das viaturas. Outrossim, alguns membros do grupo, num ato criminoso, passaram a deflagrar disparos de arma de fogo contra os militares. Novamente, foi necessária uma ação mais enérgica por parte dos policiais, a fim de contornar o obstáculo e fazer cessar o confronto, impelindo os suspeitos à fuga”.

A estrada foi liberada após muita tensão e confusão. A reintegração foi cumprida pelo oficial de justiça. Algumas pessoas foram presas, mas não houve registro de feridos.

Os manifestantes do grupo MRC (Movimento de Resistência Camponesa) estavam ocupando uma área de cerca de 800 hectares na Fazenda Itaquena e Rio dos Frades, de propriedade do empresário Moacir Andrade. Ele conseguiu uma reintegração de posse na Justiça através de decisão do juiz federal Fernando Paropat.

Fonte: PortoSeguroNoticias

Comentários do Facebook

Em Alta

Copyright © 2021 - OFocoNotícias/ Email: ofoconoticias@gmail.com